Tag

natal

Browsing

Agora que o Natal já passou, podemos falar mal dele à vontade. Ou bem. Andamos à procura de uma tradição de Natal mas ainda não a encontrámos. Texto: Diana Ilustração: Rita  Desde que a minha filha nasceu que sinto que o Natal foge do meu controlo. Não que seja mau – nada disso – mas a verdade é que a coisa não acontece como eu gostaria. Nunca como o que gosto e não consigo iniciar tradição nenhuma. É difícil (e egoísta) convencer um bando de familiares a mudar anos de convenções. Mas o resultado é sempre uma sensação de vazio quando as festividades acabam. Este ano foi ligeiramente diferente e, desde que o Natal deixou de ser na casa onde cresci, que não me divertia tanto. Foi simples, acolhedor, feliz e calmo. Porém, há sempre qualquer coisa que falta e que envolva apenas o meu marido e a minha filha.…

Com o Natal vêm os cerca de 352 anúncios de televisão de brinquedos super divertidos para se encherem de pó nos quartos dos petizes. Há brincadeiras tão imbecis que nem percebemos como é que há alguém que as compra. Texto: Diana Ilustração: Rita É Natal, é Natal. Oba. A árvore está feita, as luzes estão ligadas e com sorte os enfeites vão-se aguentando nos ramos do pinheiro falso. O problema são os presentes, as prendas, como nós por aqui dizemos. Nos canais de desenhos animados, que infelizmente estão (quase) sempre ligados cá por casa, os anúncios de brinquedos sucedem-se, nos intervalos dos bonecos, deixando a minha filha de boca aberta. E a mim. Fico estupefacta com a quantidade de brinquedos horrorosos que hoje existem e que, espero, nunca venham parar cá a casa. Nenuco: Há o “dorme comigo”, que traz um berço para juntar à cama da criança, o que…