Tag

filhos

Browsing

Sair de casa de manhã, a tempo e horas, pode transformar-se numa calamidade. Despachar os putos, tratar de nós, agarrar em tudo e não esquecer o almoço ou o lanche é hercúleo. Mas não precisa de ser. Texto: Diana Ilustração: Rita Todas as manhãs é a mesma coisa: os putos não querem acordar, depois é preciso vesti-los, antes disso escolher a roupa, essas meias não, as outras, não quero essa saia, quero calças, não gosto desses sapatos, dar -lhes o pequeno-almoço é como negociar com reféns, preparar as marmitas é um desespero e às vezes acabam por ficar em cima da bancada da cozinha. O relógio não pára, a mãe e o pai ainda nem sequer tomaram banho, raios partam, e quando finalmente deixam os miúdos na escola ainda têm de enfrentar o trânsito para o trabalho. Às vezes, só para tornar tudo mais divertido, há um dos putos que…