Tag

brincar

Browsing

Meia hora. Às vezes é só do que precisamos. 30 minutos para respirar sem a criança a pedir coisas ou em cima de nós. Uma maravilhosa meia hora. Se for uma inteira, ainda melhor. Texto: Diana Ilustração: Rita O meu olho treme cada vez que a minha filha profere a fatídica frase: “Mãe, anda brincar.” A maior parte das vezes digo que não, mas nem sempre dá. Mal posso esperar pelo momento em que a minha filha se vai entreter sozinha, passar horas a brincar às Barbies ou com plasticina, como a mãe dela fazia, sem chatear ninguém. Enquanto esse dia não chega, tenho de dar o corpo ao manifesto, ainda que muito de vez em quando e apenas nas atividades que me interessam. Porém, para que saibam brincar sozinhos, os miúdos precisam de uma ajuda – raio dos putos nascem sem saber fazer nada. É preciso mostrar-lhes que brincar sozinho…