Tag

birras

Browsing

As mães são como os chapéus, há muitas. Há tantas mães que dentro de cada mãe coexistem várias. As mães estão sempre lá e vão assumindo várias formas ao longo da vida dos filhos. Texto e ilustração: Rita As mães podem, surpreendentemente, ter várias formas num só dia, consoante o que o filho precisa, (ou provoca). Pensei num esquema complexo que pudesse organizar todas estas personas, mas cheguei a uma conclusão: mais vale simplificar, até porque hoje tive um dia infernal de birras e não vou conseguir mais do que isto (e a minha filha não pára de se levantar da cama). A mãe que nunca grita Esta mãe é incrível. Quase posso dizer que não é uma amãezónia. Ela tem uma capacidade única de gerir as suas emoções, as frases que saem da sua boca são proferidas num tom sempre baixo e nunca se exalta. É uma mãe zen. Mais do…

Somos enfermeiras, empregadas de limpeza, aias de suas altezas reais, negociadoras exímias, chantagistas e ginastas. Tudo ao mesmo tempo.  Texto: Diana Ilustração: Rita Empregadas de limpeza: as migalhas no sofá, o iogurte no chão, os bocados de comida não identificada colada nos locais mais estranhos. O vomitado a meio da noite, nos lençóis, no pijama, no chão e em cima de nós; lavar a roupa e secá-la em tempo recorde; lavar o tapete do quarto a 60º para matar os ácaros. Aias de suas altezas: vestir, despir, todos os dias, às vezes mais de que duas vezes por dia; cortar as unhas das mãos que normalmente têm terra por baixo, a dos pés que crescem a uma velocidade assustadora; dar banho; desembaraçar o cabelo, pentear, fazer totós, tentar fazer tranças porque sua majestade assim o deseja, mesmo que o cabelo não dê. Ficar com uma tendinite depois de várias tentativas…

Quando os filhos estão na barriga, estamos longe de imaginar o que aí vem. Nem sequer fazemos ideia que já nascem com personalidade e que ela se manifesta prontamente, logo no primeiro berro. Como não fazemos ideia disso, não sabemos muitas outras coisas importantes, como por exemplo: filhos fazem birras. E saber o que é uma birra contada por amigos, é muito diferente de experienciar uma valente birra, daquelas no passeio, com direito a arrastanço e tudo. Texto: Mariana Roque Ilustração: Rita Pois bem. Hoje estou a escrever este texto porque acabei de subir um degrau na licenciatura das birras. Estou extenuada. A minha filha tem sido uma mestra exímia no que toca ao ensino das birras (e eu a aluna, claro). Começámos a formação intensiva o ano passado, mas este ano está a ser difícil tirar o diploma. As provas sucedem-se e a sensação que tenho é que nunca passo de nível. Quando vou buscá-la…