Enchi uma mala de viagem, um saco com coisas da praia e outro com brinquedos. Falta a comida, não muita, mas sempre é mais um saco.

Texto: Diana
Ilustração: Rita

Arrumei a roupa dela, muito bem dobradinha na mala de tamanho familiar que íamos partilhar. “O que é isto, mamã?”, perguntou ela a mexer na parte de baixo da mala. Continuei a arrumar, fui ao armário durante três segundos e ouvi: “Ah, já percebi, é assim que se põe.” A mala já estava de pé, aberta, com todas as roupas em monte. Miúda 1- Mãe – 0.

“Para que é que é este pijama? Eu por acaso vou dormir na casa das férias?”, só lhe faltava a mão na anca. Estava muito preocupada com a possibilidade de não haver cama para ela e por isso perguntou se havia cama para toda a gente, cerca de seis perguntas, uma cama por cada pessoa que vai connosco. Poupar frases não é com ela.

Preparei-lhe o jantar rapidamente para conseguir arrumar o resto antes que eu própria caísse para o lado. Espera-me uma semana de praia e desconfio que vou ficar mais cansada do que estou agora.

Temos o balde, a pá e o ancinho, temos a escavadora para a areia e a maquineta com rodas que giram com a areia. Vai ser épico. Talvez se entretenha dez minutos seguidos sem chamar “Oh mamã?”. Vou arranjar um daqueles clics que fazem contagens para no final do dia perceber quantas vezes ela me chama.

Mae ferias

Vamos de férias e embora eu saiba que vá ser um enorme cansaço, ela está tão entusiasmada que mal posso esperar por chegar à praia, deitar-me na espreguiçadeira durante cinco minutos inteiros, depois de 10 minutos a esfregar protector solar nela e em mim. Depois vamos molhar os pés, ela nunca mais vai querer sair da água e quando finalmente a conseguir arrastar, roxa de frio, depois de a secar e vestir-lhe uma T-shirt vai dizer que tem fome. No momento em que lhe der a comida ela já terá as mãos cheias de areia, nada que não se resolva enfiando as ditas no balde com água – mas para isso é preciso que ela ainda não tenha entornado a água. Quando acabar de comer começa tudo de novo até serem horas de voltar para casa. E isto só na parte da manhã. Mas, enfim, estou de férias. Mesmo que seja só uma semana.